O curso de Fisioterapia é composto por disciplinas teóricas e práticas que preparam o futuro fisioterapeuta com as habilidades necessárias para proporcionar mais qualidade de vida aos problemas de saúde e mobilidade. Além das aulas, o estágio em Fisioterapia também é essencial para complementar a formação do futuro fisioterapeuta.

Estagiar é a oportunidade perfeita para o estudante ter contato com o dia a dia da profissão escolhida, colocar seus conhecimentos vistos em sala de aula na prática e desde a faculdade já ganhar experiência na área de uma forma real e desafiadora.

Neste artigo, separamos as principais informações sobre o estágio em Fisioterapia — seja ele obrigatório ou não —, para te ajudar a entender como ele funciona e como começar a estagiar na sua área. Confira!

Como funciona o estágio para Fisioterapia?

O estágio em Fisioterapia pode ser realizado em consultórios, clínicas particulares, hospitais e outros ambientes que demandem a presença de um fisioterapeuta. É obrigatório que o aluno desse curso faça o estágio, assim como a maioria dos cursos de saúde.

Vale ressaltar ainda que, em alguns casos, é fundamental a certificação em cursos específicos que ampliam os conhecimentos do profissional, como no pilates, por exemplo.

Outro ponto importante é que o local em que o estágio será realizado deve cumprir os pré-requisitos estabelecidos pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO).

Os estágios são arregimentados pela Lei nº 11.788, de 2008. Isso significa que existem direitos e deveres a serem seguidos por ambas as partes para a validação do estágio, tais como:

  • Cumprimento de carga horária pré-estabelecida;
  • Supervisionamento de um docente;
  • Supervisionamento de um profissional da instituição;
  • Uso adequado de vestimentas;
  • Vínculo com instituição de ensino ou intermediária em tal ação.

Outro ponto relevante determinado pela CREFITO é que o estágio em Fisioterapia só pode ser realizado a partir do penúltimo ano de formação. Uma vez que é nesse período que o aluno já possui bagagem teórica e desenvolvimento de habilidades para colocar em prática no estágio.

O estágio, como já falamos, é uma etapa obrigatória, necessária para a obtenção do diploma na formação escolhida. Mas, para além da obrigatoriedade, também é possível realizar outros estágios que não constam na grade curricular, se esse for o desejo do estudante.

Essa obrigatoriedade é algo positivo, pois assim o aluno da graduação de Fisioterapia pode ter a vivência da profissão, conhecendo para além da sala de aula sua futura profissão.

Estágio técnico em Fisioterapia

O estágio técnico em Fisioterapia em muito se assemelha ao necessário para o curso técnico em Enfermagem.

Ele não é feito de forma obrigatória, ou seja, não conta para a grade curricular do aluno. Mas garante uma maior prática e vivência para o estudante, e o ajuda a escolher qual área irá atuar após a conclusão do curso.

Mesmo para estágios não obrigatórios, todas as partes envolvidas no processo (instituição de ensino, aluno e ambiente que oferece o estágio) devem respeitar as normas estabelecidas pelo CREFITO. Nesse sentido, é importante observar que o aluno precisa estar cursando a partir do penúltimo ano do curso de graduação, momento em que as instituições começam a exigir a prática de estágio obrigatório.

Outro ponto relevante é que o estágio não obrigatório é tido como complementar ao estágio obrigatório, dessa forma ele não pode ultrapassar a carga horária de 30 horas semanais quando somado ao estágio obrigatório.

Além disso, para que o estágio seja validado, é necessário que a documentação e o termo de compromisso sejam assinados e documentados na instituição de ensino. Vale mencionar que o estágio técnico pode, ou não, ser remunerado.

É importante ainda observar que o aluno precisa ter a supervisão direta de um profissional da área durante a execução do estágio e o acompanhamento de um docente da instituição de ensino, visando amparar o aluno durante seu aprendizado.

Estágio obrigatório em Fisioterapia

O estágio obrigatório em Fisioterapia compartilha das mesmas normas estabelecidas para o estágio técnico, no entanto ele se difere em aspectos particulares quanto à sua execução.

O estágio obrigatório é fornecido pela instituição de ensino, que pode indicar a área em que ele será realizado, bem como a instituição e o profissional responsável pelos estudantes. Além disso, o estágio obrigatório não é remunerado e, em alguns casos, pode ser realizado no período de aula, facilitando a execução por parte dos estudantes.

Além disso, o estágio obrigatório é feito com a turma de forma conjunta, sendo necessário o direcionamento docente por parte da instituição de ensino. Ou seja, enquanto o estágio técnico permite que o aluno encontre a área em que deseja atuar e busque um estágio por conta própria, o estágio obrigatório vai à contramão dessas ações.

Desse modo, ele busca ser igual para todos os estudantes da graduação em Fisioterapia, garantindo a formação completa e igualitária dos alunos e buscando ampliar e aperfeiçoar os conhecimentos de cada discente.

Qual o salário de um estagiário de Fisioterapia?

O estágio obrigatório em Fisioterapia não é remunerado. Mas, em contrapartida, o aluno pode buscar estágios remunerados para garantir uma renda enquanto se profissionaliza, que tem uma média de R$ 936.

O salário de um estagiário, ou bolsa de estágio como também é chamada, pode variar de acordo com a localidade, área de atuação e carga horária.

Como falamos acima, a média que um estudante de Fisioterapia recebe em estágio remunerado é cerca de R$936,00. Mas, esse valor pode variar entre R$670,00 e R$1.233,00. Vale ainda destacar que os estágios têm diferentes níveis de remuneração e pré-requisitos dependendo da área de atuação: hospitalar, clínicas, espaços de atividades físicas, entre outros.

Por fim, a remuneração de um estagiário é feita a partir de contratos que duram de 6 meses a 1 ano. Além disso, o contrato pode ser renovado apenas uma vez, chegando a duração máxima de 2 anos.

Após esse período, o estudante não pode atuar na mesma instituição enquanto estagiário, apenas como fisioterapeuta — após a sua formação e caso a empresa tenha o interesse em contratá-lo.

Como conseguir estágio na área de Fisioterapia?

Quando o estágio é do tipo obrigatório, a própria instituição de ensino direciona o estudante para estagiar, a partir de parcerias com clínicas, hospitais e outros estabelecimentos que precisam de estagiários na área da Fisioterapia.

Se não é o caso e você está buscando um estágio técnico — que como falamos ao longo desse texto não é obrigatório e depende da vontade do aluno em adquirir experiência a partir deste tipo de estágio — você pode precisar de algumas dicas para conseguir um.

Vale destacar que o mercado de trabalho para Fisioterapia é amplo e algumas áreas podem requerer conhecimentos técnicos e teóricos mais específicos antes de iniciar a parte prática.

E, para te ajudar a conseguir o tão sonhado estágio, separamos algumas dicas que podem te ajudar nesse processo. Confira a seguir!

Veja também: Cursos da saúde – conheça as graduações mais procuradas da área!

Crie um bom currículo e mantenha-o atualizado

O primeiro passo para conseguir seu estágio em Fisioterapia é criar um bom currículo e se manter atualizado para apresentar nas vagas disponíveis. Em nosso blog já ensinamos como elaborar um bom currículo.

Essa etapa é fundamental para apresentar sua formação, objetivos e até mesmo experiência. Vale destacar que muitos estudantes utilizam o currículo Lattes como forma de atualizar sua formação acadêmica.

Como você ainda está na faculdade e pode ser que não tenha, de fato, uma experiência na área de Fisioterapia, vale colocar seus cursos extracurriculares, participação em eventos, seminários, palestras e outras atividades que tenha participado na faculdade.

Procure em sites de vagas de emprego

Muitas empresas oferecem suas vagas, até mesmo as de estágio, em sites de emprego.

Por isso, faça seu cadastro nas principais plataformas e sites de emprego, preenchendo seu perfil e informando suas preferências de atuação.

Ah, fique de olho todos os dias para não perder nenhuma oportunidade, viu? E não se esqueça de checar sua caixa de e-mail e atender às ligações.

Veja as vagas divulgadas no curso ou na faculdade

Os estágios são comumente oferecidos também através das secretarias da instituição de ensino. Afinal, é ali que as empresas encontraram profissionais em busca de estágio e com os conhecimentos necessários para exercer as funções propostas pelo cargo.

Também é muito comum haver um mural com vagas de emprego e estágio próximas ao setor de estágio e salas de aula. Fique atento!

Participe de eventos da área

As graduações, de forma geral, oferecem muitos eventos para os estudantes, como convenções, palestras e seminários. Participar deles é fundamental para estabelecer uma rede de contatos da área, conhecer pessoas e se informar sobre a possibilidade de vagas — e ainda conseguir horas complementares.

Esteja presente na internet

A internet é hoje uma ferramenta que vai muito além do entretenimento e lazer. Ela se tornou um ambiente propício para a busca de oportunidades e se fazer presente no ambiente profissional.

E nisso as redes sociais se destacam. Por isso, use essas ferramentas a seu favor, mostrando sua vida profissional e fazendo networking com empresas e outros profissionais da área.

Ser destacável nesse ambiente ajuda a fazer com que as empresas se lembrem de você para possíveis vagas que possam surgir e te apresenta as oportunidades existentes.

Quando usada de maneira correta e com estratégia, redes sociais como Instagram, LinkedIn e Facebook podem se tornar grandes aliadas da sua formação profissional e ainda ser o local ideal para conseguir a oportunidade para começar a estagiar na área dos seus sonhos.

Curtiu as dicas e saber mais sobre o estágio em Fisioterapia? Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado. Se gostou desse artigo, com certeza vai gostar dos outros disponíveis em nosso blog. Acesse aqui e confira e Blog do Amigo.

1.162 comentários em “Estágio em Fisioterapia: saiba como funciona e como encontrar vagas 

  1. UFABET สมัครง่าย เว็บตรงยูฟ่าออนไลน์ เว็บคาสิโนออนไลน์ บาคาร่าสด แทงบอล สล็อตพีจี ครบวงจรที่เดียว ฝาก-ถอนออโต้ 30วินาที UFA – ยูฟ่า อันดับ1 ufabetstar365

  2. UFA7-11 UFABET เว็บไซต์พนันออนไลน์ คาสิโนออนไลน์ ที่สมบูรณ์แบบที่สุด มีความ มั่นคง และ บริการเยี่ยม ที่สุด ยูฟ่าเบท ยังคงครอบเป็นอันดับ 1

  3. ufavip666 เว็บบาคาร่าออนไลน์รวมทุกค่ายพนันชื่อดัง เล่นเซ็กซี่บาคาร่า ufavip666 ฟรีเครดิต ได้เงินจริง เว็บรวมคาสิโนออนไลน์ทุกค่าย มีสูตรบาคาร่าให้ทดลองใช้ฟรี

  4. Hi there, I discovered your web site by means of Google while looking for a related matter, your site came up, it seems to
    be great. I’ve bookmarked it in my google bookmarks.

    Hi there, just become aware of your blog through Google, and found
    that it’s truly informative. I’m going to watch out for brussels.
    I’ll be grateful if you proceed this in future. Numerous people might be benefited out of your writing.
    Cheers!

  5. Unquestionably believe that which you said. Your favorite reason appeared to
    be on the web the easiest thing to be aware of.
    I say to you, I definitely get annoyed while people think about worries that they just don’t know about.
    You managed to hit the nail upon the top and also
    defined out the whole thing without having side effect , people could take
    a signal. Will likely be back to get more. Thanks

  6. Hello there! This is my 1st comment here so I just wanted to give a quick
    shout out and tell you I genuinely enjoy reading your blog posts.
    Can you suggest any other blogs/websites/forums that go over the same topics?
    Thank you!

  7. Right here is the right webpage for everyone who really wants
    to understand this topic. You understand so much its almost tough to
    argue with you (not that I actually would want to…HaHa).
    You definitely put a brand new spin on a topic which has been discussed for a long time.

    Wonderful stuff, just excellent!

  8. Unquestionably believe that which you stated.
    Your favorite justification seemed to be on the net the simplest thing to be aware of.
    I say to you, I certainly get annoyed while people
    consider worries that they just don’t know about. You managed to hit the nail upon the top as well as
    defined out the whole thing without having side-effects ,
    people can take a signal. Will likely be back to get more.

    Thanks

  9. Cool blog! Is your theme custom made or did you download it
    from somewhere? A theme like yours with a few simple tweeks would really
    make my blog jump out. Please let me know where you got your design.
    Thank you