Áreas com grandes afinidades curriculares e de atuação costumam gerar dúvidas para quem está decidindo uma profissão, e isso pode acontecer com quem se depara com os cursos de Nutrição e Biomedicina. Nutricionistas e biomédicos podem atuar juntos de diversas formas, mas cada formação tem uma especificidade diferente entre si que é importante conhecer, para evitar confusões.

A seguir, vamos contar tudo o que precisa saber sobre os cursos de Nutrição e de Biomedicina para que possa avaliar sobre qual seria a melhor escolha para você.

Como é a faculdade de Nutrição?

A faculdade de Nutrição vai preparar os profissionais interessados em promover saúde e bem-estar às pessoas por meio de uma alimentação equilibrada. Quem segue para esse ramo se prepara para orientar pacientes sobre as melhores dietas para manter a qualidade de vida de pessoas que se encontram em diversas situações: sadias em busca de perda de peso, pacientes que estão se recuperando de doenças, atletas que precisam adequar a dieta ao treinamento, entre outros.

O curso de Nutrição é um bacharelado com duração de quatro anos. A graduação é marcada pela multidisciplinaridade, que tem como principal foco preparar os futuros profissionais a serem capazes de identificar o melhor cuidado aos pacientes, então oferece uma formação abrangente.

Aulas teóricas e práticas compõem o curso de Nutrição. Dessa forma, os alunos saem preparados para toda a jornada de cuidado dos pacientes, já que os futuros profissionais aprendem e treinam práticas que vão desde realizar exames até fornecer diagnósticos completos.

Disciplinas do curso de Nutrição

No curso de Nutrição, as disciplinas estão distribuídas nas seguintes áreas: Ciências Biológicas e da Saúde; Ciências Sociais, Humanas e Econômicas; Ciências da Alimentação e Nutrição; Ciências dos Alimentos.

Entre as disciplinas, destacam-se:

  • Antropologia e Educação Alimentar e Nutricional
  • Avaliação Nutricional
  • Biologia Celular
  • Bioquímica
  • Composição de Alimentos
  • Dietética
  • Dietoterapia
  • Educação Nutricional
  • Ética e Formação Profissional
  • Fundamentos de Bioquímica
  • Fundamentos da Epidemiologia e Estatística
  • Fisiologia Humana
  • Psicologia no Atendimento Nutricional
  • Microbiologia, Higiene e Legislação de Alimentos

Principais áreas de atuação em Nutrição

O mercado de Nutrição é abrangente e conta com demandas em diversos setores para os profissionais graduados. A seguir, contamos algumas das principais áreas de atuação em Nutrição.

Consultoria nutricional

Principal campo de atuação para nutricionistas, a consultoria nutricional é a área mais próxima da jornada de saúde de pacientes, que podem buscar pelo serviço em consultórios particulares de profissionais, ou em hospitais públicos.

São diversas situações que podem passar pela consultoria nutricional: necessidade individual por uma mudança na alimentação, atendimento especial a recém-nascidos, dietas para idosos, cuidado de gestantes, tratamento de doenças renais e cardiovasculares, consultoria para empresas e indústrias em busca de ajuda para garantir o fornecimento de alimentação balanceada a seus colaboradores nas cozinhas, entre outros.

Indústria alimentícia

É outra área que também demanda muito de profissionais formados em Nutrição, já que o mercado de alimentos vive passando por mudanças de métricas de qualidade. Aqui, as possibilidades são múltiplas. Nutricionistas podem atuar no controle de qualidade de produtos, na análise de processamento da matéria-prima e nos materiais de divulgação dos produtos.

Nutrição esportiva

Nesta área, nutricionistas vão contribuir para o aumento do rendimento dos atletas, indicando dietas que vão se adequar à rotina extenuante de competições e de treinamentos. É possível atuar em clubes com atletas de alto rendimento ou até mesmo em academias.

Nutrição hospitalar

Quem optar pela nutrição hospitalar, atuará nas dietas dos pacientes enquanto estão internados nos hospitais, em acompanhamento completo que envolve no estudo detalhado das patologias, e em conjunto com toda a equipe médica. Todos atuam em conjunto, para determinar a melhor alimentação de acordo com o quadro clínico do paciente, o tratamento que enfrenta, e os possíveis impactos da dieta.

Como é a faculdade de Biomedicina?

A Biomedicina é a área dedicada a estudar o impacto das relações entre as células e micro-organismos para o funcionamento do corpo humano. O curso habilita profissionais a

conduzirem análises laboratoriais, pesquisas científicas na genética e na medicina molecular, desenvolvimento de medicamentos, elaboração de métodos de diagnósticos para auxiliar médicos na seleção do melhor tratamento para seus pacientes.

No dia a dia, profissionais formados em Biomedicina têm contato direto com amostras de células, tecidos humanos e outros materiais biológicos que podem fornecer informações úteis para profissionais de outras áreas da saúde. Eles atuam em laboratórios de análises clínicas, hospitais, bancos de sangue, empresas alimentícias. Dessa forma, o trabalho na Biomedicina sai do laboratório para ter consequências múltiplas, que vão impactar outras áreas que também lidam com o cuidado.

A faculdade de Biomedicina é um bacharelado, com duração de quatro anos, e que conta com uma carga horária que se divide em teoria e aulas práticas no laboratório.

Disciplinas do curso de Biomedicina

A seguir, trazemos algumas das principais disciplinas do curso de Biomedicina:

  • Genética
  • Microbiologia
  • Química geral
  • Ciências moleculares e celulares
  • Hematologia
  • Virologia
  • Toxicologia
  • Primeiros socorros
  • Ciências morfofuncionais dos sistemas do corpo
  • Imunologia clínica
  • Patologia geral
  • Práticas Aplicadas em Bioquímica e Imunologia Clínica
  • Práticas Aplicadas em Hematologia e Microbiologia Clínica
  • Práticas Aplicadas em Parasitologia Clínica e Líquidos
  • Práticas em Saúde
  • Saúde Pública
  • Sociedade Brasileira e Cidadania
  • Biomedicina estética

Principais áreas de atuação em Biomedicina

Hoje, existem 37 especializações reconhecidas pelo Conselho Federal de Biomedicina que profissionais formados no curso podem atuar. É um mercado vasto e que está marcado pela interdisciplinaridade, em que os profissionais podem trabalhar em conjunto com outras áreas.

A seguir, você encontra as principais áreas de atuação em Biomedicina:

Análises clínicas

Considerada o principal campo de atuação em Biomedicina, em que os profissionais podem atuar na coleta de material biológico e posterior análise de resultados dos exames, análises clínicas é a área que mais ganhou destaque durante a pandemia, já que permitiu que pacientes fossem diagnosticados a partir de exames de sangue, o que garantiu seu pronto tratamento e medidas de conter a disseminação do vírus.

Profissionais que atuam com análises clínicas assumem a responsabilidade técnica dos exames e emitem laudos que vão ser fundamentais para análises médicas.

Microbiologia dos alimentos

Muito requisitada pela indústria alimentar, a Microbiologia dos alimentos é a área de atuação em Biomedicina que estuda a composição dos alimentos e seus impactos para o corpo humano. Profissionais da área vão ajudar na elaboração de fórmulas de produtos em indústrias, também podem atuar em conjunto com nutricionistas para a avaliação de dietas, entre outras funções em que é fundamental conhecer as menores composições moleculares dos alimentos.

Biomedicina Estética

Profissionais dessa área acompanham tratamentos estéticos, atuando em parceria com dermatologistas e cirurgiões plásticos. O ramo da beleza tem se expandiu muito, e as tecnologias e os procedimentos estão se tornando cada vez mais complexos, o que demanda por profissionais que possam contribuir para a pesquisa de desenvolvimento de novos produtos, como dermocosméticos, além de acompanhar as escolhas do paciente e, em conjunto com o médico, avaliar os rumos do tratamento estético.

Genética

É a área dedica a estudar a genética humano, em busca de possíveis doenças. É muito voltada para a pesquisa, mas profissionais podem atuar em laboratórios particulares e a serviço da saúde pública. Também é uma área que cada vez mais passa a ser requisitada para estudos de reprodução humana.

Afinal, qual a diferença entre Nutrição e Biomedicina?

Enquanto a Nutrição está voltada à ciência dos alimentos e, muitas vezes, está presente de forma mais direta na jornada de saúde das pessoas, a Biomedicina pode atuar em diferentes áreas das Ciências da Saúde. Biomédicos também atuam de forma analítica e muitas vezes ligada à pesquisa científica, ou seja, de forma mais indireta ao cuidado médico dos pacientes.

No entanto, Biomedicina e Nutrição podem andar lado a lado. Nutricionistas podem precisar de biomédicos para um olhar mais multidisciplinar em torno da saúde alimentar de seus pacientes. Um exemplo: nutricionistas que atuam com a dieta de atletas, e precisam pensar em uma carga alimentar que auxilie o rendimento esportivo. Nesse caso, ter biomédicos na equipe pode ajudar na dosagem dos nutrientes que estarão presente na dieta, na avaliação dos resultados da dieta no dia a dia do atleta, verificando se ela é compatível à rotina de exercícios.

Veja também: Conheça as graduações mais procuradas da área da Saúde!

Nutrição e Biomedicina têm suas diferenças, mas são duas boas escolhas para quem se interessa em atuar com saúde. Para escolher o melhor curso, busque avaliar seu perfil profissional e como ele se encaixa em cada uma das áreas. 

E você pode tentar a uma bolsa de até 80% no curso que deseja! Não perca tempo e conheça o programa de bolsas de estudo do Amigo Edu.

CTA faça graduação com bolsa de estudo de até 80%

27.585 comentários em “Nutrição ou Biomedicina: como escolher o melhor curso?