Saíram as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e agora milhares de estudantes voltam a atenção para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021. E essa atenção não é em vão, afinal o Sisu 2021, vai oferecer 209.190 mil vagas, em 5.685 mil cursos de graduação.

Mas em um período atípico de pandemia, março de 2021 marca um ano onde o coronavírus obrigou a paralisação das aulas presenciais. Sendo assim, as instituições de ensino se viram obrigadas a adequar 100% das aulas para o modelo online.

Diante desse novo cenário, a gente se perguntou: como isso afetou a percepção dos alunos que fizeram o Enem 2020? Eles continuam querendo entrar na faculdade no primeiro semestre?

Sendo assim, o Amigo Edu entrevistou 1341 alunos que realizaram o ENAE, também conhecido como simulado do Enem. E a pesquisa mostra que 32% dos estudantes pretendem ingressar no segundo semestre e 27,3% pretendem ingressar no ainda no primeiro semestre deste ano.

O levantamento também aponta que questões financeiras e a pandemia são os principais fatores para esse comportamento dos estudantes. E de fato, começar uma graduação exige planejamento e investimento. Mas acredite, todo esforço é recompensado!

O mercado de trabalho está buscando e precisando de profissionais qualificados e você pode contar com programas governamentais como, por exemplo, o Sisu para te ajudar a ingressar em um curso de graduação.

Bom, falta muito pouco para liberar as inscrições do Sisu 2021. E por isso, hoje, preparamos esse conteúdo explicando sobre as mudanças na nota de corte, como se inscrever e muito mais, para te ajudar a ingressar no mundo universitário, confira!

O que é Sisu?

Todos os anos milhares de estudantes se preparam para prestar vestibulares em instituições de ensino superior público, mas a gente sabe que não é tão simples entrar em uma universidade pública. Afinal, as provas dessas instituições públicas possuem um grau maior de dificuldade e você ainda vai se deparar com vestibulares extremamente concorridos.

Pensando nisso, em 2010 o Ministério da Educação (MEC) colocou no ar uma plataforma digital intitulada como Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com a finalidade de democratizar o acesso dos estudantes às instituições de ensino superior público. O Sisu, resumidamente, é o sistema informatizado no qual estudantes se candidatam a vagas em universidades públicas e gratuitas de todo o país.

Sendo assim, todos os anos são disponibilizadas nessa plataforma vagas de cursos de graduação em faculdades públicas. E essas vagas são direcionadas para estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Mas, para isso, você precisa atender alguns requisitos para ser aprovado no processo seletivo do Sisu. E aí, quer saber mais sobre o Sistema de Seleção Unificada (Sisu)? 

Então, continue a leitura e confira tudo que você precisa saber para garantir a sua vaga! 

Como Funciona o Sisu?

O processo seletivo do Sisu acontece duas vezes ao ano, antes do início de cada semestre e as inscrições acontecem online pelo site. Vale lembrar que a inscrição no Sisu é gratuita.

Portanto, você se inscreve e não paga nenhuma taxa para participar do processo seletivo do Sisu 2021! E o primeiro passo para se inscrever no Sisu 2021, é ter realizado o ENEM 2020 e ter obtido nota superior a zero na redação.

Entretanto, algumas instituições de ensino superior acabam estabelecendo uma nota mínima para inscrição em determinados cursos. Neste caso, se você não conseguir atingir a nota mínima estabelecida, o próprio sistema do site vai te enviar uma mensagem informando. Mas caso, nem tudo está perdido, você ainda pode se inscrever, basta você selecionar outro curso ou tentar em outra instituição.

Além disso, diariamente durante todo o período de inscrição são liberadas as notas de corte conforme os critérios de cada curso e instituição. E você pode trocar sua opção de curso e instituição quantas vezes quiser durante todo o período de inscrição.

Mas atenção, fique ligado com as datas de encerramento de inscrição! Após encerrar o processo seletivo, será liberado no site uma lista com os nomes dos candidatos selecionados e depois disso, é só realizar sua matrícula e apresentar as documentações na faculdade que foi aprovado (a). Simples e fácil assim! 

O que é nota de corte do Sisu?

Como Funciona o SiSu?

Naturalmente, você deve estar se perguntando o que é a nota de corte do Sisu e como calculá-la. Mas antes de você sair fazendo um monte de contas, saiba que a nota de corte do Sisu, nada mais é do que a menor pontuação possível exigida para ingressar na instituição e curso escolhido.

Ou seja, é uma média que você precisa atingir para ser aprovado (a) em uma determinada universidade. Normalmente, são as instituições de ensino que estabelecem essa média como um critério e você pode consultar no próprio site do Sisu.

Sendo assim, para você conseguir ingressar em uma faculdade pelo Sisu, você precisa atingir essa média com o seu resultado do ENEM. Se você atingiu ou até mesmo ultrapassou essa média estabelecida, pode começar a comemorar porque o seu ingresso está quase garantido!

Mas caso você não atinja, nem tudo está perdido, você não será eliminado do processo seletivo de imediato, uma vez que pode acontecer desistências na primeira chamada. 

Quais as mudanças na nota de corte do Sisu?

O Sisu recentemente passou por uma reformulação com o intuito de tornar o processo seletivo ainda mais transparente com os estudantes. Essa mudança ocorreu por causa de um “erro” que aconteceu no sistema na seleção do ano passado, que por sinal, ficou conhecida na internet como #erronosisu.

Resumidamente, essa mudança consiste em fazer com que as duas opções de cursos escolhidas pelo estudante sejam consideradas de imediato no processo seletivo. Ou seja, é literalmente como se você ocupasse duas vagas durante a seleção.

Sendo que, antigamente, apenas a nota de corte da primeira opção de curso era considerada. E aparentemente, no Sisu 2021 as notas de corte tornaram-se maiores do que realmente são na prática, mas esse novo modelo resulta em uma dupla classificação.

Portanto, após sair o resultado, caso você tenha sido aprovado (a) na sua primeira opção de curso, automaticamente, você vai desaparecer da lista de classificados da sua segunda opção. E dessa forma, os outros candidatos que estão em posições inferiores durante as prévias vão acabar subindo nas colocações no momento do resultado da chamada regular.

Por exemplo, se você estiver na 83° posição no último dia do Sisu 2021, após o sistema concluir as respectivas saídas da lista de quem selecionou o mesmo curso, mas como segunda opção, você como candidato poderá subir algumas posições e dessa forma aumentar suas chances de ser selecionado. Muito legal, né?!

Mas calma porque não para por aí, ainda existem  alguns critérios e processos que você precisa cumprir para poder participar do processo seletivo. Então continue a leitura e anote as próximas informações para você não perder nada! 

Como saber a nota de corte do seu curso?     

A nota de corte do Sisu é uma referência para orientar os estudantes no monitoramento da sua inscrição durante a seleção. Sendo assim, diariamente o Sisu calcula e divulga na página do programa, as notas de corte para cada curso.  

As notas são calculadas a partir do número de vagas disponíveis para cada curso. Portanto, se você quer um curso que esteja disponibilizando 10 vagas, a nota de corte para esse curso será sempre a nota do décimo classificado.

E para consultar a nota de corte, basta entrar no site do Sisu, clicar na aba “vaga”. Depois, no campo de busca você deve digitar a cidade, instituição ou curso escolhido e pronto, é só escolher. Após clicar no curso, você pode verificar a nota de corte localizada na descrição de cada modalidades.

Mas caso, você queira saber sua posição em relação a outros candidatos, você precisar entrar com seu login e senha do ENEM para acessar sua página de inscrição. 

Quais são as notas de corte mais altas do Sisu?

Conforme explicamos, a nota de corte é a menor pontuação necessária para você conseguir entrar em um determinado curso pelo programa Sisu. Normalmente, a média para ser aprovado na maioria dos cursos varia entre 650 e 700 pontos.

Entretanto, existem alguns cursos que podem exigir mais de você por causa do alto nível de concorrência, como por exemplo, o curso de Medicina, que pode atingir notas de corte superiores a 850 pontos em algumas instituições de ensino superior.

As notas de corte são calculadas considerando as notas de cortes dos anos anteriores do programa. Sendo assim, para te ajudar a ter uma noção das notas de cortes mais altas e baixas do Sisu, preparamos uma estimativa considerando as médias registradas nas edições passadas, confira! 

Medicina

A nota de corte de Medicina, pode variar entre 770 e 900 pontos, dependendo da instituição escolhida. O curso de Medicina, geralmente, é um dos mais concorridos em todo o Sistema de Seleção Unificado.

Sendo assim, não é de se espantar que o curso de Medicina na USP, na unidade de Bauru, bateu 827,86 pontos em ampla concorrência.

Engenharia Aeronáutica

A USP é uma das universidades mais disputadas do país, e seu curso de Engenharia Aeronáutica também teve uma das notas de corte mais altas na última edição do Sisu.

O curso na unidade de São Carlos, obteve a maior nota já registrada, com 857,84 pontos. Mas, geralmente, a nota de corte para o curso de Engenharia Aeronáutica varia em torno de 765 e 783 pontos. 

Direito

O curso de Direito é o queridinho entre os estudantes da área de Ciências Humanas, por isso também é um dos cursos mais concorridos pelo programa. A nota de corte para o curso de Direito, varia em torno de 680 e 867 pontos, dependendo da instituição escolhida.

Odontologia

Já a nota de corte do curso de Odontologia pode variar entre 720 e 800 pontos. O curso aparece em 6.ª colocação como um dos cursos mais disputados no Sisu.

Psicologia

O curso de Psicologia também fica dentro dos 10 cursos mais concorridos. Por isso, sua nota de corte pode variar entre 680 e 840 pontos. 

Quais são as notas de corte mais baixas do Sisu?   

Letras (Idiomas)

O curso de Letras tem nota de corte em torno de 530 e 760 pontos, mas também pode variar conforme a instituição de ensino, escolhida.

Geografia

Enquanto no curso de Geografia a nota de corte pode variar entre 600 e 651 pontos, dependendo da universidade. 

Biblioteconomia

Já o curso de Biblioteconomia apresenta nota de corte em torno de 600 e 752 pontos para ingresso pelo Sisu. 

Sociologia

O curso de Sociologia a nota de corte também está em torno de 600 e 651, podendo apresentar variações conforme a universidade escolhida. 

Agronomia 

Já a graduação em Agronomia possui nota de corte entre 565 e 755 pontos, conforme determinação da instituição de ensino.

Mas, vale ressaltar que a nota de corte pode variar conforme o curso, universidade, turno, campus e modalidade de concorrência. Portanto, é imprescindível que você acompanhe diariamente no site do Sisu as mudanças nas notas de cortes para não perder nenhuma oportunidade. 

Como se inscrever no Sisu 2021?

Como se inscrever no SiSu 2021?

Conforme já mencionamos, existem alguns processos que você precisa cumprir para participar do processo seletivo. E você já sabe que para se inscrever é fundamental que você tenha feito a última edição do ENEM, anterior a sua inscrição no programa. Mas além disso, é essencial que você não tenha zerado na redação e que não tenha prestado na condição de treineiro.

As inscrições para o Sisu 2021 vão acontecer em uma única etapa, totalmente online e pelo próprio site do programa. E a outra novidade é que agora o acesso ao sistema de inscrição será feito com um único login do governo federal, mediante uma conta gov.br. Sendo assim, você vai utilizar o mesmo login e senha que usou para se cadastrar no site do ENEM 2020.

E vale ressaltar também que o Sisu não possui critérios de renda. Portanto, qualquer estudante que cumpra o requisito do Enem pode se inscrever, independentemente da sua renda familiar.

Sendo assim, após concluir sua inscrição, você já vai visualizar todas as opções de vagas disponíveis e escolher duas opções de curso, universidade, campus, turno e modalidade. E enquanto estiverem acontecendo as inscrições do Sisu 2021, você pode consultar todas as notas de corte parciais e modificar suas opções.

Após o encerramento das inscrições, serão selecionados os estudantes que estão mais bem colocados conforme a nota do Enem e que estão disputando vaga na mesma graduação, instituição, campus, turno e modalidade.

Após ter sido selecionado, basta você apresentar a documentação e realizar a sua matrícula na faculdade escolhida, dentro do prazo estabelecido pelo cronograma disponibilizado pelo Sisu e pronto, você já vai ser o mais novo calouro na instituição escolhida! 

O que fazer caso você não passe no Sisu 2021?

Bom, nós já te contamos que caso você não consiga alcançar a nota de corte estabelecida, você não será eliminado de imediato do processo seletivo do Sisu. E isso acontece, justamente, porque existe a famosa lista de espera, onde os candidatos que não foram aprovados na primeira chamada podem manifestar interesse nas vagas disponíveis da lista de espera.

Portanto, se você tem interesse em participar da lista de espera do Sisu 2021, saiba que a sua participação será limitada à sua primeira opção de curso. E para participar, você só precisa acessar novamente o site durante o período estabelecido no cronograma, ir onde está disponível o seu boletim e clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse.

Pronto, você já vai estar no jogo novamente, ou seja, participando da lista de espera do Sisu 2021! Após o encerramento do prazo de inscrição, essa lista de espera é enviada às universidades e elas ficam responsáveis por contatar os participantes.

Portanto, após ter feito sua inscrição, é fundamental que você acompanhe as convocações pelos canais de comunicação das instituições de ensino e vale ressaltar que, normalmente, elas também possuem prazo estabelecido para serem preenchidas, então não marque bobeira!

Mas caso você não consiga ingressar em um curso de graduação pelo Sisu, tenha calma, você ainda tem mais uma tentativa, afinal, você também pode contar com o Amigo Edu!

No site do Amigo Edu, você pode garantir bolsa de estudo de até 80% durante o curso todo, para cursos de graduação e pós-graduação, nas modalidades presenciais, semipresenciais e EaD. E para isso, basta seguir o passo-a-passo:

1. Acesse o site do Amigo;

2. Pesquise pelo curso de sua preferência e no campo “faculdade” digite o nome da instituição;

3. Em seguida é só realizar a sua pré-matrícula. 

Pronto, após concluir sua pré-matrícula você já terá garantido sua bolsa e estará apto para vivenciar toda a experiência de um mundo universitário. E aí, curtiu? Então não deixe de acompanhar o blog do Amigo Edu e esteja sempre um passo à frente para elevar ainda mais sua carreira profissional!